Planeta Casa 

Mostra CasaCor edição São Paulo apresenta, em mais de 15 mil metros quadros, o melhor da arquitetura, decoração e paisagismo com convidados de Santa Catarina.  

Pautada no conceito Planeta Casa, que traz em evidência o morar como nosso universo particular, a CasaCor São Paulo mais uma vez estreou em grande estilo e novamente contou com um time de peso de Santa Catarina para compor quatro ambientes de tirar o fôlego. Em mais de 15 mil metros quadrados, quem passar pela capital paulista até 04 de agosto, no Jockey Club de São Paulo, poderá conferir 75 ambientes que foram planejados para pensar a casa não mais como um espaço físico, mas como um estado de espírito. Confira alguns destes ambientes que separamos para inspirar você dentro desta nova tendência do morar. 

 

Lounge Bauhaus 100 anos

 Tufi Mousse

Uma imersão na herança Bauhaus. Assim é o espaço de 45m² criado pelo arquiteto catarinense Tufi Mousse, que faz sua estreia na edição paulistana da maior mostra de decoração do país.  O lounge foi projetado com o intuito de proporcionar ao visitante um breve resgate do imenso legado produzido pela Escola Bauhaus, precursora do modernismo, e seus 100 anos de história completados neste ano.

O espaço propõe uma leitura contemporânea dos preceitos modernistas propostos pela vanguardista escola alemã. A simplicidade demonstrada na escolha dos materiais, das cores e das linhas puras – retas e curvas plenas, marcam o Lounge BAUHAUS 100 anos e materializam a célebre frase do professor e coordenadores da Bauhaus, Mies Van Der Rohe: “Menos é Mais”.

“O design e a arquitetura mundiais atuais são fortemente influenciados pelos ensinamentos disruptivos da centenária Escola Alemã Bauhaus”, explica Tufi. Prova disso é o grande painel feito em cerâmica pintada e queimada a 750°C para vitrificar a pintura, desenvolvido pelo artista plástico Fabricio Silva. Ele partiu de uma obra americano Eric Fischl intitulada ‘Daddy´s Gone Girl’, como referência visual. Assim, Fabrício realizou uma releitura desta obra para o ambiente, desenvolvendo um trabalho novo e único em seu estilo próprio.

CRÉDITO: Romulo Fialdini

Co.Dining

 Juliana Pippi

Arquiteta Juliana Pippi apresenta a Sala de Jantar [Co.Dining], com 45 m². O encontro. O ritual que antecede o receber. A partir desses dois verbos/ações, a arquiteta cria um lugar para estar junto, degustar sabores, conversas, histórias e a própria presença. Além disso, o efeito de acolhimento é potencializado pelo jogo de texturas presentes no espaço.

E na parte do mobiliário, traz em destaque nomes como Claudia Moreira Salles, Sérgio Rodrigues, Gustavo Bittencourt, Jader Almeida e Bruno Rangel para compor o ambiente. E como cada detalhe foi cuidadosamente pensado Juliana evidencia o que importa para os dias, para manter o frescor da casa, das relações que nela se estabelecem e as vibrações que transitam. “O ambiente transparece todos os gestos desta cena, as miudezas em texturas, aromas, sonoridades e gostos”, conta ela sobre a Sala de Jantar.

Crédito: Marco Antonio, Denilson Machado, Mariana Boro

CASA OAK | 02

 Salvio Jr. e Moacir Jr.

Para apresentar um olhar contemporâneo e simbólico sobre o morar, a dupla do renomado Studio CASAdesign, leia-se Salvio Jr. e Moacir Jr, apresentam uma residência completa de 185 m². Um espaço idealizado para imprimir ao público a sensação latente de acolhimento e bem-estar, onde toda a construção conta com um amplo living, uma incrível cozinha e sala de jantar integrados, uma confortável suíte e um bucólico jardim externo que reforça a atmosfera de refúgio, pertencimento, além da sensação de estar por inteiro em uma casa. A fachada da casa é um capítulo à parte: foi construída no estilo brutalista, com apenas um recorte de parede que forma um ângulo interno, surgindo dali a porta do ambiente, que convida os visitantes a conhecerem o espaço. A entrada também surpreende pela volumetria criada por meio de modernos tijolos da linha Brickstar da Portobello, que têm uma proposta handmade, textura rústica e um leve brilho metalizado.

CRÉDITO: Denilson Machado

Loft Árvore da Vida

 Marcelo Salum

Inspirado no filme “A Árvore da Vida”, do diretor Terrence Malick, o arquiteto Marcelo Salum buscou referências no drama para dar vida ao seu ambiente, com cerca de 107m². A busca da essência, dos primeiros aprendizados, da importância da família foram o ponto de partida para Marcelo projetar o loft. A referência mais marcante com o filme é vista no hall de entrada, quando se depara com uma árvore criada especialmente para o ambiente pelo artista plástico Alexandre Mattos. 

Inspirado na estética da década, o ambiente traz móveis de diversos designers que estabelecem um harmonioso diálogo com peças de antiquário ajudando a compor essa atmosfera. A marcenaria colorida, típica da época, abriga todas as funções do loft se apropriando da forma longitudinal do espaço. A cor escolhida pelo profissional para trabalhar o ambiente como um todo foi o amarelo, criando uma alusão ao sol já que a luz é fundamental para o crescimento da Árvore da Vida e, consequentemente, de todos os seres. 

CRÉDITO: Salvador Cordaro

Casa do Fauno

 Léo Shehtman

Léo Shehtman conduz o visitante a uma verdadeira contemplação do luxo, em seu ambiente com 144 m2. Uma casa pensada para um casal sem filhos, que ama celebrar a vida e a arte. O espaço foi todo integrado e presta homenagem a Fauno Barberini, figura da mitologia romana (apropriação do Sátiro na versão grega). Ao entrar no espaço, o visitante se depara com o exótico Mármore Nacarado que reveste uma parede e parece flutuar ao longo dos 18 m de espelho d’água. Obras modernistas, como o Pavilhão de Barcelona projetado pelo arquiteto Mies van der Rohe em 1929, também serviram de inspiração para este projeto – uma forma de homenagear o centenário da escola Bauhaus.

CRÉDITO: Denilson Machado, Demian Golovaty

Café com Terraço

 Jóia Bergamo

Assinando o Café com Terraço, da Ofner, Jóia Bergamo surpreende com uma atmosfera acolhedora, suave e funcional no projeto de 250 m². Construído a partir de uma das casas tombadas do Jockey Club de São Paulo, o espaço traz aconchego nos tons terrosos em contraste com o grafite. Ao buscar referências para o projeto, a designer pensou nos diferentes estilos e personalidades, preocupando-se em criar formas de receber bem quem procurar por um minuto de relaxamento.

CRÉDITO: Martin Gurfein

Loft Mobili

 InTown Arquitetura

Assinado pelos arquitetos Hugo Schwartz e Alexandre Gedeon, o espaço com 108 m2 teve como ponto de partida a mobilidade. Além disso, os arquitetos trazem a tendência das soluções viáveis dos módulos habitáveis e suas diversas possibilidades de adaptação e versatilidade. A arquitetura é inovadora e itinerante, pois o rápido e inteligente sistema construtivo permite que sua estrutura metálica seja transportada semipronta para ser remontada em qualquer lugar em um prazo de três a quatro meses.

CRÉDITO: Denilson Machado

Lite 

 Duda Porto

Valorizar o essencial é o que procurou o arquiteto carioca Duda Porto, em sua casa Lite com 190 m2. Uma construção autossuficiente, modular e sustentável, de execução limpa e rápida. “A casa Lite nasceu da busca por menos excesso e mais essência. Acreditamos que a moradia é um ponto de encontro no movimento constante da vida. Um palco para a nossas relações com a natureza e com quem amamos”, afirma Duda. Desenvolvido pelo profissional em 2013, o sistema Lite se baseia em uma arquitetura de planejamento e eficiência, em que cada detalhe é pensado para o melhor aproveitamento de material, transporte, integração entre o homem, a arquitetura e o espaço a seu redor. 

CRÉDITO: Denilson Machado

Estúdio Conexão

 Bábara Jalles

Em sua terceira participação, a profissional é responsável pelo Estúdio Conexão, espaço composto por cozinha e living. No projeto, ela abusou da madeira, utilizando a matéria-prima como piso e também para emoldurar as paredes, características pensadas para valorizar principalmente a parte central do ambiente e trazer uma sensação de requinte e aconchego. A escolha dos tons também fez a diferença, pensada para incentivar o convívio descomplicado e a troca de experiências.

CRÉDITO: Rafael Renzo, Guilherme Morelli

Paredes Mágicas

 Leo Romano

O arquiteto e designer goiano Leo Romano apresenta o ambiente Paredes Mágicas, uma moradia que foge do convencional ao mesclar fantasia e realidade a partir de um layout diferente em um convite para que o visitante saia do lugar comum e dê asas à imaginação. O espaço consiste em um loft de 100 m², que remonta os ambientes de uma casa – salas de estar e jantar, quarto, cozinha e banheiro. Apesar de bem marcados, os ambientes são concebidos de maneira integrada.

CRÉDITO: Salvador Cordaro

Deca Lab

 Ricardo Bello Dias

Em formato de nave, Ricardo Bello Dias apresenta um laboratório futurista onde a pesquisa é o cerne da inovação do design, um local que permite ao homem explorar o universo sem fronteiras. O Deca Lab possui 8 metros de diâmetro e é feito de uma estrutura metálica nas cores cobre e preto. A nave fica apoiada sobre um espelho d’água, e uma passarela atravessa a instalação, dando acesso pelos dois lados do ambiente.

CRÉDITO: Rafael Renzo

Dolce Villa Todeschini

 Débora Aguiar

A casa de 480m² traz estilo contemporâneo e “clean”, propondo um refúgio urbano sofisticado e elegante em meio à natureza. Um grande painel com brises metálicos em alumínio reciclado compõe a fachada, permitindo maior entrada de luz natural nos ambientes. A partir de um eixo central, a casa é dividida entre ala íntima e social, esta última, totalmente voltada para um jardim central com grandes portas de vidro que criam conexão interior-exterior. O hall de entrada expõe uma escultura do artista suíço Not Vital e abre caminho para o restante do projeto, que traz muito verde com seus jardins e floreiras, pedras naturais e ambientes aconchegantes.

CRÉDITO: Salvador Cordaro

Terraço Aurora 

  BC Arquitetos

Assinado pela dupla Bruno Carvalho e Camila Avelar, à frente do escritório BC Arquitetos, o espaço de 130 m² que segue uma narrativa delicada, inspirada pela poética contemporânea e minimalista que norteia o novo morar. Na entrada, um imponente pórtico guia os visitantes até o interior completamente cor de rosa, onde se deparam com um décor sútil, mas extremamente elegante. Definido como uma experiência sensorial, o projeto esbanja design assinado, assim como intervenções artísticas e um incrível pé-direito de sete metros.  

CRÉDITO: Denilson Machado

Les Hérons

 Gustavo Martins

Com 49 m2 e inspirado na art deco que marcou lobbys icônicos dos luxuosos hotéis do início do século 20, o arquiteto Gustavo Martins apresenta o hall do apartamento. um espaço criado para recepcionar os convidados de uma casa, é uma zona de relaxamento onde acontecem pequenos encontros ou curtas esperas. Assim, o conceito principal do projeto é trazer a sensação de bem-estar daqueles que por ali circulam.

CRÉDITO: Renato Navarro

Loft Fétiche

 Ricardo Abreu

Quem percorre o Loft Fétiche se encanta facilmente pelo mix de estilos e linguagens que brotam no cenário. Inspirado na atmosfera sensual e intimista das antigas garçonnières francesas e com assinatura do arquiteto Ricardo Abreu, o espaço de 80 m2 harmoniza obras de arte, mobiliários selecionados a dedo, e jogos de luz e sombra. 

CRÉDITO: Marcelo Maiani

Atelier do Morar

 Denise Barreto

Evidenciando a ligação com a arte, o ambiente de 130m² flui por um mosaico espacial de texturas de madeira. Nas paredes, o material aparece em sua forma natural e no assoalho em carvalho claro. As cores cerâmica e terracota, lado a lado com vários tons de pedra, o design contemporâneo e as obras de arte dão continuidade ao fluxo proposto para o Atelier.

CRÉDITO: Rômulo Fialdini

Casa Sumè

 Gustavo Neves

A ancestralidade, a memória milenar inscrita no inconsciente dos povos, seus modos e costumes, tradições e conhecimentos, são características que se reproduzem nas histórias e se manifestam fisicamente na cultura. Seguindo esse conceito e ressignificando o uso de materiais, Gustavo Neves apresenta a Casa Sumè em parceria com a LG. Um espaço conectado que exalta a real sustentabilidade em todos os seus pilares: social, econômico, ambiental e no possível pilar cultural (que preserva a herança dos antepassados e hábitos e costumes da comunidade para que os mesmos sejam valorizados).

CRÉDITO: Salvador Cordaro

Arena CASACOR

 Fabiano Hayasaki e Tania Hayasaki

Com 400 m2 este espaço foi pensado para receber eventos e está distribuído em cinco ambientes: hall, living, auditório, sala de relacionamento e um delicioso jardim tropical. Fabiano Hayasaki e Tania Hayasaki trabalharam para que o ambiente além de funcional fosse acolhedor, onde as pessoas queiram ficar para ver uma palestra, um bate-papo ou mesmo relaxar contemplando a linda área externa projetada pelo arquiteto e com paisagismo da Allamanda Paisagismo. A automação é um show à parte no espaço e entra para representar a tecnologia que é muito presente no trabalho dos profissionais.

CRÉDITO: Victor Eleutério/Divulgação

Boulangerie

 Patrizia Genovese e Andrea Camasmie

Patrizia Genovese

As arquitetas Patrizia Genovese e Andrea Camasmie, uniram seus conhecimentos para criar o projeto da padaria Dona Deôla com 295 m², um passeio ao passado, resgatando a história das antigas boulangeries francesas com decor retrô-chic. Entre os pontos altos deste projeto, destaque para a escolha da paleta de cores que traz o rosa, predominante no ambiente, inspirado pelo pelo Pantone Mellow Rose.

CRÉDITO: Rafael Renzo

Casa das Sibipirunas

 Otto Felix

Otto Felix reinventa o conceito de casa de campo e apresenta um projeto de 250m² que se integra com a natureza e respira harmonia. dividida em living com lareira, cozinha e uma suíte com closet, instiga por um morar mais reflexivo e desconectado, onde a proposta por uma vida mais simples foi estabelecida como referência. Propondo um projeto arquitetônico contemporâneo e que, em termos técnicos, pode ser considerado leve e de fácil execução, a residência foi baseada em três elementos principais: vidro, gesso e travertino romano.  

CRÉDITO: Denilson Machado

 

 

 

 

 

 

 

Share this Post

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*